Câncer de garganta

Home Câncer de garganta: O que é, sintomas e tratamento em Manaus

Câncer de garganta, o que é?

O câncer de garganta pode se desenvolver muito rápido, por isso é tão importante ficar atento às alterações e sintomas nesta região

O câncer de garganta é o aparecimento de um tumor que se aloja na laringe, faringe, amígdalas ou qualquer outra parte da garganta. As células cancerígenas se desenvolvem de forma anormal na garganta. Apesar de ser raro, esse tipo de câncer pode acometer pessoas de todas as idades, mas, é frequente em pessoas acima dos 50 anos de idade. O câncer de garganta atinge principalmente os homens e pessoas que fumam e bebem excessivamente.

 

Qualquer tipo de câncer na garganta pode se desenvolver muito rápido e, por isso, sempre que se sente ou observa alguma mudança como dor de garganta que demora muito tempo para passar, alterações da voz ou sensação frequente de que há algo na garganta, deve-se consultar um otorrinolaringologista para identificar a causa e iniciar o tratamento mais adequado.

 

Em Manaus, a maioria dos casos acontece através do vírus  HPV, que tem sido um dos principais causadores do câncer de boca e orofaringe, junto ao hábito de fumar e beber. 

 

Por isso, para prevenir, é fundamental que abandone esses maus hábitos do tabagismo e uso de bebidas alcoólicas,, bem como praticar sexo oral de forma segura (com o uso de preservativos), e vacinar as crianças e adolescentes contra o HPV.

Quais são os principais sintomas do câncer de garganta?

  • Caroços no pescoço;
  • Dificuldade para engolir;
  • Tosse e rouquidão;
  • Mudança na rotina intestinal;
  • Perda de peso sem motivos;
  • Ferida na boca sem cicatrização (sintoma mais comum)
  • Dor na boca que não passa Nódulo persistente ou espessamento na bochecha;
  • Área avermelhada ou esbranquiçada nas gengivas, língua, amídala ou revestimento da boca;
  • Irritação, dor na garganta ou sensação de que alguma coisa está presa ou entalada na garganta;
  • Dificuldade ou dor para mastigar ou engolir;
  • Dificuldade ou dor para mover a mandíbula ou a língua;
  • Inchaço da mandíbula que faz com que a dentadura ou prótese perca o encaixe ou incomode;
  • Dentes que ficam frouxos ou moles na gengiva ou dor em torno dos dentes ou mandíbula;
  • Mudanças persistentes na voz ou respiração ruidosa;
  • Mau hálito persistente;

Principais fatores de risco

O principal fator de risco para o câncer de garganta é a infecção através do HPV, mas também há vários outros que podem causar a doença, bem como:  
  • Ser fumante (o uso exacerbado de cigarro prejudica a garganta e outros órgãos do corpo);
  • Consumo de bebidas alcoólicas;
  • Alimentação pobre em frutas e legumes e com grande consumo de industrializados e produtos açucarados;
  • Higiene bucal fraca;
  • Histórico familiar e predisposição genética;
  • Insuficiência de vitamina A;
  • Sistema imunológico enfraquecido;
  • Exposição a radiação;
  • Uso de maconha;
  • Vírus: epstein-barr e papiloma vírus;

Diagnóstico e tratamento

O médico mais indicado para avaliar, diagnosticar e tratar o caso é o otorrinolaringologista, especialista em cabeça e pescoço. No primeiro momento o especialista realiza o exame físico para verificar a presença de caroços no pescoço e, em seguida pode passar ao paciente os diferentes exames: laringoscopia, panendoscopia, aspiração com agulha, ressonância magnética, tomografia computadorizada e biópsia (quando há alguma diferença na garganta).   Se caso o paciente for diagnosticado com o tumor na (faringe ou laringe), o tratamento dependerá do estágio que o câncer se encontra, podendo ser realizado cirurgias para remoção do tumor; radioterapia e quimioterapia para destruir as células cancerígenas ou reduzi-las;    Geralmente os pacientes respondem bem ao tratamento por meio da radioterapia ou quimioterapia, mas, em casos mais graves o uso da cirurgia para remoção da região afetada (o tumor) é essencial para assegurar a saúde do paciente.   Após a cirurgia, é necessário que sejam feitos outros tipos de tratamento, como a terapia da fala e fisioterapia para ajudar a pessoa a mastigar e engolir.

Como prevenir a doença?

Adotar hábitos saudáveis são fundamentais para prevenir o câncer de garganta, diminuir o consumo de bebidas alcoólicas e o uso excessivo de cigarros, evitar o sexo oral desprotegido, também são medidas muito importantes para o aumento da qualidade de vida.    A consulta com um especialista, nesse caso o otorrinolaringologista é essencial, somente o médico poderá avaliar a sua saúde e promover um diagnóstico precoce no caso do aparecimento do tumor, além de aumentar as chances de cura e diminuir os riscos de desenvolver o câncer.

Otorrinolaringologista em Manaus

Encontre otorrinolaringologista em Manaus  na clínica Otoclin conta com especialistas disponíveis para sua necessidade, além de recursos tecnológicos para o tratamento das complicações. Na maioria dos casos de apneia do sono, o distúrbio pode ser tratado com medidas e tratamento médico aplicado. 

 

Marque sua consulta agora mesmo com um otorrinolaringologista da clínica, somente o médico poderá avaliar o seu caso e encontrar a solução mais eficaz para o problema. 

Agende sua consulta ou exame conosco agora mesmo.

Entre em contato através de nosso telefone ou aperte no botão para agendar online.

(92) 3305-7380

Precisa de ajuda? Clique aqui