Apneia do sono

Home Apneia do sono: O que é, sintomas e tratamento em Manaus

Apneia do sono

A obesidade é um dos principais fatores para a apneia do sono, fique atento aos sinais, o distúrbio pode acarretar consequências mais sérias

A apneia do sono ou  Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS), acomete aproximadamente 30% da população mundial e a maioria das pessoas convive com a doença sem receber diagnóstico ou tratamento. O distúrbio é uma doença crônica, evolutiva caracterizado pela obstrução parcial ou total das vias, causando paradas e ruídos da respiração enquanto a pessoa dorme. A respiração cessa porque as vias aéreas colapsam, impedindo que o ar chegue até os pulmões.

 

O distúrbio pode ocasionar outras consequências mais graves como a redução do oxigênio no sangue que aumenta o ritmo dos batimentos cardíacos. Daí o fato da apneia do sono ser considerada um risco para a pressão alta, derrames, diabetes e arritmia cardíaca. A apneia do sono em Manaus, atinge 33% da população.

 

Outro fator de risco é o fato de que o distúrbio pode ocasionar o excesso de peso e a resistência a insulina (hormônio que permite a glicose entrar nas células e gerar energia), condições de risco que contribuem para o surgimento do diabetes tipo 2.

ronco

Existem três tipos de apneia do sono:

Apneia Obstrutiva do sono (AOS)

 
  • os músculos relaxam durante o sono, obstruindo a passagem de ar;
  • o peso do seu pescoço estreita as vias respiratórias;
  • amígdalas inflamadas;
  • razões estruturais como a forma do nariz, do pescoço ou da mandíbula

Apneia Central do sono (ACS)

 
  • AVC;
  • tumor cerebral;
  • infecção viral no cérebro;
  • doença respiratória crônica;

Apneia mista do sono

 
  • Classificam-se pela mistura dos dois tipos de apneia;

Principais sintomas do distúrbio do sono

Os principais sintomas da apneia do sono são:

  • ronco;
  • respiração ofegante;
  • sensação de sufocamento;
  • agitação durante o sono;
  • sonolência ao longo do dia;
  • dor de cabeça;
  • dificuldade de dormir;
  • sonolência durante o dia;
  • dor de garganta;
  • boca seca;
  • dificuldade de concentração;
  • impotência sexual;
  • irritabilidade;

Principais fatores de risco

  • Excesso de peso;
  • Uso de cigarro (tabagismo);
  • Consumo de álcool em excesso;
  • Uso de sedativos;
  • Aumento das amígdalas e adenóides;
  • Dormir de barriga para cima;
  • Tumores;
  • Maxilar curto;

Diagnóstico e tratamento da apneia do sono

Para o diagnóstico do distúrbio a pessoa deve procurar pela ajuda de um otorrinolaringologista, ele saberá avaliar o quadro clínico do paciente. O exame para verificar a gravidade do problema chama-se polissonografia. O exame clínico é indicado para que seja avaliada a condição do trato respiratório do paciente e deve ser feito por um médico com especialização na área.

 

Atualmente, a inalação feita com CPAP (sigla usada para classificar a pressão positiva contínua nas vias aéreas) é considerada um tratamento padrão e eficiente para a apneia obstrutiva do sono na maioria das pessoas e pode ser feito em casa. 

 

Esse exame é realizado em um hospital ou clínica particular, o especialista também pode fazer o monitoramento por meio de um dispositivo portátil que na hora de dormir ele assinala as condições do sono do paciente. 

 

Analisar a origem do distúrbio é fundamental para dar início ao tratamento. Se a pessoa estiver acima do peso, o ideal é a perda de peso que influencia diretamente no controle da apneia. Os distúrbios mais leves são tratados através de dilatadores de narinas, principalmente para aqueles que respiram pela boca durante a noite.

 

Para os pacientes que tem a mandíbula curta o ideal é o uso do aparelho ortodôntico para a facilitação da passagem de ar pela boca. Mudanças nos hábitos de vida podem contribuir muito com a melhora da apneia do sono.

 

Evitar o consumo de bebidas alcoólicas, dormir de lado, evitar consumo de comidas pesadas antes de dormir, são algumas medidas simples que podem evitar problemas futuros.

 

A apneia é um problema médico grave, com probabilidade de alterar a vida da pessoa e que pode contribuir para certos transtornos que podem colocar a vida em risco, mas, que por sua vez, pode ser identificada facilmente e tratada efetivamente. Com o tratamento, a respiração adquire um ritmo regular, os roncos cessam, um sono tranquilo é estabelecido e a qualidade de vida melhora.

Otorrinolaringologista em Manaus

Em Manaus, a clínica Otoclin conta com especialistas disponíveis para sua necessidade, além de recursos tecnológicos para o tratamento das complicações. Na maioria dos casos de apneia do sono, o distúrbio pode ser tratado com medidas e tratamento médico aplicado. 

 

Marque sua consulta agora mesmo com um otorrinolaringologista da clínica, somente o médico poderá avaliar o seu caso e encontrar a solução mais eficaz para o problema. 

Agende sua consulta ou exame conosco agora mesmo.

Entre em contato através de nosso telefone ou aperte no botão para marcar online.

(92) 3305-7380

Precisa de ajuda? Clique aqui