Em condições normais, o septo nasal é retilíneo e separa simetricamente as duas fossas nasais, distribuindo entre ambas o ar que penetra no nariz durante a inspiração. No entanto, trata-se de uma situação ideal, porque grande parte da população apresenta um desvio do septo, embora normalmente ligeiro. Na maioria dos casos, o desvio deve-se a um defeito congênito do desenvolvimento do nariz, o que acontece quando a cartilagem quadrangular ou septal, que constitui a parte anterior do septo, continua o seu crescimento quando os ossos que formam a pirâmide nasal já completaram o seu desenvolvimento e estão totalmente unidos. Outras causas habituais são os traumatismos, pois um grande impacto sobre o nariz provoca um afundamento da pirâmide nasal e a consequente compressão do septo.

CategoryNariz

©2016 - otoclin | Desenvolvido por dreampixel com