Essa alteração na maioria das vezes acompanha a pessoa desde de muito cedo, porém não se manifesta ou leva-a a sentir desconforto mínimo o qual é tido como normal. Com o passar do tempo e o uso continuo da voz e de forma abusiva, essa patologia tende a dobrar de tamanho e causar impacto significativo…

Alterações de origem funcional sendo um espaço que permanece entre as pregas vocais, mesmo durante a fonação levando a pessoa a sentir perda de ar durante a fala, principalmente quando se vai iniciar uma conversação.

Os edemas relacionam-se com o uso da voz. Normalmente são localizados e agudos. O tratamento é medicamentoso ou através de repouso vocal. Os edemas generalizados e bilaterais representam a laringite crônica, denominada Edema de Reinke. É encontrada em pessoas expostas a fatores irritantes externos, especialmente o tabagismo (fumo) e o elitismo, sendo o mais importante fator associado ao uso…

São inflamações decorrentes de traumas mais profundos na mucosa das pregas vocais ou refluxo gastoesorfágico, seu tratamento na grande maioria é cirúrgico e a voz é de qualidade rouca – áspera. Patologia com maior índice em Homens pelo uso da voz em forte intensidade e gritos constantes.

Ocasionados pelo uso vocal abusivo e sempre associado a presença de fenda glótica do tipo ampulheta. Patologia com maior índice em mulheres, crianças ou homens com tessitura em voz cantada aguda ou com presença de muda vocal incompleta.

O cancro da amígdala aparece predominantemente nos homens e está muito relacionado com o tabagismo e o consumo de álcool. Em geral, a dor de garganta é o primeiro sintoma. A dor costuma estender-se até ao ouvido do lado da amígdala afectada. No entanto, em certos casos apercebemo-nos primeiro de um volume no pescoço produzido…

O abcesso perifaríngeo é uma acumulação de pus dentro de um gânglio linfático localizado junto à garganta (faringe). O abcesso costuma ser uma consequência da faringite ou da amigdalite e pode ocorrer em qualquer idade. A faringe pode não estar inflamada. A parte frontal do pescoço, por baixo do queixo, pode estar visivelmente inchada do…

À volta das amígdalas pode produzir-se celulite (inflamação das células) com ou sem abcessos periamigdalinos (abcessos localizados na zona que circunda as amígdalas). Em geral, a celulite é provocada por uma infecção estreptocócica, mas também pode dever-se a outras infecções bacterianas. Os abcessos são raros nas crianças e mais frequentes entre os adultos jovens. Engolir…

A amigdalite é uma inflamação das amígdalas, geralmente provocada por uma infecção estreptocócica ou, com menos frequência, por uma infecção viral. Os sintomas consistem em dor de garganta e queixas que aumentam ao engolir. A dor costuma localizar-se também nos ouvidos devido ao facto de estes e a garganta partilharem os mesmos nervos. As crianças…

A vestibulite nasal é uma infecção do vestíbulo nasal (a zona que se encontra mesmo por trás de cada narina). Esta área infecta-se com frequência. As infecções menores, como as que afectam os folículos capilares (foliculite), provocam crostas em volta das narinas. As hemorragias dão-se quando se soltam as crostas. A pomada de bacitracina costuma…

©2016 - otoclin | Desenvolvido por dreampixel com