O cancro da amígdala aparece predominantemente nos homens e está muito relacionado com o tabagismo e o consumo de álcool. Em geral, a dor de garganta é o primeiro sintoma. A dor costuma estender-se até ao ouvido do lado da amígdala afectada. No entanto, em certos casos apercebemo-nos primeiro de um volume no pescoço produzido…

O abcesso perifaríngeo é uma acumulação de pus dentro de um gânglio linfático localizado junto à garganta (faringe). O abcesso costuma ser uma consequência da faringite ou da amigdalite e pode ocorrer em qualquer idade. A faringe pode não estar inflamada. A parte frontal do pescoço, por baixo do queixo, pode estar visivelmente inchada do…

À volta das amígdalas pode produzir-se celulite (inflamação das células) com ou sem abcessos periamigdalinos (abcessos localizados na zona que circunda as amígdalas). Em geral, a celulite é provocada por uma infecção estreptocócica, mas também pode dever-se a outras infecções bacterianas. Os abcessos são raros nas crianças e mais frequentes entre os adultos jovens. Engolir…

A amigdalite é uma inflamação das amígdalas, geralmente provocada por uma infecção estreptocócica ou, com menos frequência, por uma infecção viral. Os sintomas consistem em dor de garganta e queixas que aumentam ao engolir. A dor costuma localizar-se também nos ouvidos devido ao facto de estes e a garganta partilharem os mesmos nervos. As crianças…

A vestibulite nasal é uma infecção do vestíbulo nasal (a zona que se encontra mesmo por trás de cada narina). Esta área infecta-se com frequência. As infecções menores, como as que afectam os folículos capilares (foliculite), provocam crostas em volta das narinas. As hemorragias dão-se quando se soltam as crostas. A pomada de bacitracina costuma…

A rinite não alérgica (Ver secção 16, capítulo 169) é uma inflamação da membrana mucosa do nariz, caracterizada por um corrimento contínuo (rinorreia) e uma congestão nasal, geralmente provocada por uma infecção. O nariz é o sector das vias respiratórias superiores que se infecta com maior frequência. A rinite pode ser aguda (de curta duração)…

O nariz ainda pode apresentar outros problemas de grande importância tais como sangramento nasal, ou epistaxe, que muitas vezes pode apresentar-se em grande volume e pode estar relacionada a outras patologias prévias como hipertensão arterial sistêmica, tumores nasais ou doenças hematológicas relacionadas a distúrbios de coagulação. Este sangramento em crianças normalmente esta relacionado com traumatismo…

A ocorrência da obstrução nasal, que causa distúrbios de sono, associado a roncos e apnéia noturna (parada respiratória durante o sono ), com alteração da saturação de oxigênio, pode levar à um difícil controle de doenças cardiovasculares como a hipertensão arterial sistêmica, o que aumenta as chances de derrame cerebral e infarto do coração. Distúrbios…

As perdas auditivas são classificadas de acordo com sua intensidade em leve, moderada, severa ou profunda. Leve a moderada são os tipos mais freqüentes de perda auditiva. Os graus severos e profundos são raros nas perdas auditivas condutivas.

As labirintopatias, popularmente chamadas labirintites, são doenças da orelha interna (labirinto) que podem ser ocasionadas por vários distúrbios como as alterações da coluna vertebral, lesões das células de dentro da orelha interna, diabetes, aumento das taxas de triglicérides e de colesterol, anemia, distúrbios da glândula tireóide, problemas na região têmporo-mandibular, problemas emocionais, uso de álcool…

©2016 - otoclin | Desenvolvido por dreampixel com