Os pólipos nas cordas vocais são formações não cancerosas que se desenvolvem devido ao uso excessivo da voz, a reações alérgicas crônicas que afetam a laringe ou a uma inalação crônica de irritantes, como as emanações industriais ou o fumo. Os sintomas incluem rouquidão crônica e uma voz entrecortada. O diagnóstico é estabelecido examinando as…

O refluxo gastroesofágico (RGE) acontece quando o conteúdo ácido do estômago sobe pelo esôfago ao invés de seguir seu caminho natural para o duodeno. Este caminho normalmente começa na boca, passa pela faringe que orienta o bolo alimentar em direção ao esôfago, seguindo para o estômago. Uma válvula muscular na extremidade inferior do esôfago é…

A rouquidão, também denominada disfonia, consiste em uma alteração vocal muito comum na população, sendo definida como qualquer problema ocorrido no aparelho fonador que resulte na falta de clareza do som. Este comumente é um problema de caráter transitório, podendo ser classificada como aguda, que apresentam curta duração, ou crônica, quando persistem por mais de…

O desenvolvimento de um tumor maligno na laringe, na maioria dos casos associado ao hábito de fumar, provoca problemas na voz e, se não for descoberto e tratado a tempo, pode acabar por conduzir a um desenlace fatal. Rouquidão costuma ser o sintoma inicial do câncer de laringe e, geralmente, está associada a um tumor…

Dificuldade em deglutir

Problemas na voz ou deglutição

Apneia obstrutiva do sono (SAOS) é uma parada respiratória provocada pelo colabamento das paredes da faringe. O distúrbio ocorre principalmente enquanto a pessoa está dormindo e roncando. Para ser mais exato, durante as crises, ela para de roncar por causa do bloqueio da passagem de ar pela faringe. A repetição dos episódios de apneia tem…

A obstrução da laringe por um corpo estranho constitui uma situação de máxima urgência em que apenas uma ação imediata pode salvar a vítima. De início, a pessoa permanece consciente, mostrando-se ansiosa e agitada em virtude da impossibilidade de falar; posteriormente, fica pálida e com suores, o seu pulso acelera e começa a explicar o…

A angina (angina pectoris) é causada pelo estreitamento das artérias que conduzem sangue ao coração. A limitação da irrigação sanguínea provoca uma deficiência no suprimento de nutrientes e de oxigênio nesse órgão. A dor é sinal de que o coração está recebendo menos sangue do que precisa. A dor da angina pode ser agravada pelo…

As estruturas anatômicas afetadas são as tonsilas faríngeas (amígdalas) e a faringe. Ambas quando inflamadas apresentam como principal sintoma a dor de garganta. Como estão anatomicamente próximas, é muito comum a faringe e as amígdalas inflamarem simultaneamente. Podem ter origem viral ou bacteriana. As mais comuns são as virais. Principais sintomas: dor de garganta, febre,…

©2016 - otoclin | Desenvolvido por dreampixel com